6 tipos de tecido de roupa para os dias quentes

tipos-de-tecido-de-roupa

Ao contrário do que muitos podem pensar, é possível usar roupas sociais e traje esporte fino no dia a dia sem passar calor. Para isso, é necessário conhecer os diferentes tipos de tecido de roupa, sabendo escolher o mais adequado em cada situação.

Alguns tecidos são tecnológicos, enquanto outros existem há milhares de anos, mas continuam tendo papel fundamental no vestuário. A seguir, confira seis tecidos para roupas e veja quando usá-los.

Algodão: tradicional e versátil

O algodão é uma das fibras mais utilizadas na indústria, e sua aplicação vai muito além do vestuário, chegando às roupas de cama e aos acessórios de decoração. Na moda, sua versatilidade também é notável e ele está presente em calças, camisetas, camisas e blazers.

Uma das principais vantagens do algodão é o conforto que ele proporciona às peças. Além disso, a fibra é de alta qualidade: firme, resistente e não desfia. Então, se você está em busca de roupa leve para o verão, dê preferência às peças 100% algodão.

Poliamida: tecnologia e respirabilidade

Ao contrário de outras opções sintéticas mais rígidas, a poliamida é sinônimo de conforto, e o toque macio do tecido assemelha-se ao do algodão. Entretanto, sua qualidade é superior quando pensamos em respirabilidade. Por isso, essa é a melhor escolha ao buscar uma roupa para o verão.

A poliamida absorve e evapora a transpiração rapidamente, evitando as manchas constrangedoras de suor e a sensação de umidade ao longo do dia — sendo mais indicada que o algodão nessas situações. Por isso, diversos produtos da Insider são confeccionados com essa fibra.

Linho: conforto e sofisticação

As peças feitas de linho são ideais para situações casuais. Assim, é possível manter a sofisticação sem passar calor, uma vez que o tecido é leve e fresco. Entretanto, ele deve ser usado com cautela no ambiente de trabalho, porque as camisas, por exemplo, podem ser ligeiramente transparentes.

Entre os diferentes tipos de tecido de roupa, o linho não é tão conhecido como o algodão, mas seu caimento garante a porcentagem ideal de refinamento. É possível encontrar camisas e bermudas feitas de linho, além de peças com uma grande variedade de cores.

Modal: sustentabilidade e maciez

Existem diversos tipos de tecido de roupa que merecem atenção e o modal é um deles. O tecido é de baixo impacto e a matéria-prima é retirada de florestas certificadas, tornando o processo de produção sustentável. Alta respirabilidade, conforto e maciez são algumas características das roupas de modal.

Aprenda de uma vez: como tirar mau cheiro das axilas! | Insider

As camisetas internas da Insider, por exemplo, são confeccionadas com o tecido. Elas possuem alto nível de absorção e evaporação do suor, são ajustáveis ao corpo e contam com tecnologia termodinâmica, responsável pela regulação da temperatura corporal ao longo do dia.

Lã fria: estilo e refinamento

Apesar de o Brasil ser um país tropical, muitos profissionais ainda precisam manter o dress code formal — mesmo nos dias quentes. Nessas ocasiões, é visível a importância de saber como escolher o tecido certo para cada tipo de roupa e situação.

A lã fria, por exemplo, está entre os tipos de tecido de roupa indicados para os homens nos dias quentes. Isso porque ela é confeccionada com fios extremamente finos, sendo adequada para situações de variações térmicas que acontecem ao longo do dia, além de garantir boa respirabilidade.

No entanto, é necessário verificar se as peças são feitas unicamente com esse tecido. Em muitos casos, os fabricantes misturam fibras para baratear o produto e isso pode impactar na qualidade da roupa.

Brim: prático e casual

Usar uma bermuda nas atividades diárias ainda é algo incomum. Por isso, muitos homens buscam opções de calças confortáveis, funcionais e que não esquentam. Considerando tais aspectos, o brim aparece como uma excelente opção de tecido de roupa para essas situações.

Ele é uma espécie de sarja, feita com fibra de algodão e, em alguns casos, com uma porcentagem de elastano — para garantir maior conforto no uso. Apesar de ser um tecido rígido, ele é amplamente utilizado na confecção de calças e bermudas, porque proporciona um toque mais formal durante os dias quentes.