Como sair do sedentarismo: 4 opções de exercícios leves para iniciantes

como-sair-do-sedentarismo

Fator de risco para a saúde de diversas pessoas, a falta da prática esportiva pode desenvolver problemas de pressão, de coração e nas articulações, por exemplo. Por isso, é fundamental procurar maneiras de como sair do sedentarismo

A boa notícia é que para abandonar a vida sedentária não é preciso passar horas realizando treinos pesados na academia. Pelo contrário, separar 20 ou 30 minutos do seu dia já é suficiente para realizar exercícios físicos leves.

Confira opções de exercícios físicos leves para iniciantes

Pensando em te ajudar a como sair do sedentarismo, a Insider preparou um conteúdo listando quatro opções de exercícios físicos de baixa intensidade que você pode colocar em prática no seu dia a dia facilmente. Confira abaixo!

1. Caminhada no quarteirão de casa

Uma das principais justificativas para o sedentarismo é a falta de disponibilidade para se dedicar à prática esportiva. Afinal de contas, nem todos têm uma academia muito perto de casa, e o tempo de deslocamento é algo que pode fazer muita diferença no restante do dia. 

Nesse caso, a caminhada pelo quarteirão da sua casa pode ser uma excelente opção de exercícios para iniciantes, sobretudo para aquelas pessoas que possuem uma rotina demandante. 

Para começar, você pode estipular três ou quatro dias da semana para realizar a caminhada. Além disso, não precisa passar uma hora andandando pelas ruas do seu bairro, cerca 20 ou 30 minutos já são suficientes. 

No início, comece com passadas curtas e dê preferência aos trechos planos, já que as subidas podem exigir um condicionamento físico mais preparado. Por fim, não se esqueça de investir em algumas peças esportivas e um calçado indicado para caminhadas ou corridas.

como-sair-do-sedentarismo-insider

2. Pedalar no bairro ou no parque

Há quanto tempo você não anda de bicicleta? Como dizem por aí, uma vez que se aprende, não se esquece nunca mais. E a boa notícia é que, nesse caso, é possível somar a prática de exercícios físicos ao lazer. 

Caso você não queira investir em uma bicicleta, é possível alugar. Geralmente, nessa modalidade, o valor do pagamento varia de acordo com o tempo de uso. Vale lembrar, ainda, que você pode pedalar diariamente nas ruas do seu bairro ou ir ao seu parque preferido nos finais de semana. 

Além de roupas esportivas e calçados adequados, também é importante contar com alguns equipamentos de segurança, como um capacete, por exemplo. E não esqueça de levar um squeeze com água ou isotônico e passar protetor solar. 

3. Vá de escada

Essa dica de como sair do sedentarismo é ideal para quem mora em edifícios e trabalha em prédios comerciais. Que tal dispensar o elevador e ir de escada? Embora pareça pouco eficaz, essa simples mudança de comportamento pode melhorar a sua respiração e fortalecer os músculos inferiores a longo prazo.

4. Faça exercícios físicos em casa

como-sair-do-sedentarismo-homem

Caso procure exercícios para fazer em casa, os treinos online podem ser uma excelente opção! Há diversas plataformas digitais que oferecem séries de exercícios físicos focados em emagrecimento, definição muscular, alongamento, pilates, yoga e muito mais! 

Além disso, a prática costuma ser rápida, durando entre 30 e 40 minutos. Se essa modalidade é a opção que mais te agrada quando o assunto é como sair do sedentarismo, não esqueça de separar algumas peças esportivas, bem como um mat (tapete de yoga) ou colchonete fitness, importante para você realizar as atividades com mais conforto e evitar lesões

Estipule uma rotina para a realização dos exercícios

Agora que você já conferiu a lista de opções de atividades, a pergunta que fica é: afinal, como começar a fazer exercícios? Nesse caso, é fundamental estipular um horário para a prática esportiva e fazer disso a sua rotina. 

Caso você seja uma pessoa diurna, vale acordar meia hora mais cedo e se dedicar a alguma prática logo pela manhã. No entanto, se você é uma pessoa noturna, os exercícios podem ficar para depois do expediente. 

Por fim, vale ressaltar que, antes de começar a fazer exercícios físicos, por mais leves que eles sejam, é importante realizar uma avaliação médica para evitar possíveis danos ao seu corpo.