Dicas de empreendedorismo que ninguém te conta

Dicas de empreendedorismo que ninguém te conta

Hoje vamos dar dicas de empreendedorismo que ninguém te conta. Startup é uma empresa que possui uma solução inovadora e ainda não validada para resolver determinado problema. Por isso, muitas startups como Uber, We Work entre outras precisam de levantar tanto capital: porque é caro provar esse “market fit” (ou aceitação do mercado) e adaptar seu business para ter o máximo de aderência possível, consumidores ávidos e finalmente um dia revolucionar o mercado e ser rentável.

Para empreender não é necessário fundar uma startup, você pode fundar uma empresa tradicional, que já tem um modelo de negócio e uma aceitação pelo público alvo validadas. Você vai precisar de menos capital, mas por outro lado, já vai ter competidores e precisa se diferenciar deles.

 

Estude o mercado e o público-alvo

dicas-de-empreendedorismo-que-ninguém-te-conta-estude

Antes de abrir um negócio, é fundamental entender sobre mercado e as tendências futuras. Por isso leia muito sobre cases de sucesso, entenda como funciona um bom modelo de negócios e para quem você vai vender. Quanto mais detalhado o estudo, melhor. Então não poupe esforços para essa parte, você pode usar a matodologia de design thinking, entrevistar potenciais consumidores, criar protótipos do seu produto e pedir a seus potenciais clientes para testá-los.

Não pense que a jornada é retilínea

dicas-de-empreendedorismo-que-ninguém-te-conta-a-jornada-não-é-retilínea

Empreender é lidar com curvas inesperadas e ter que se adaptar aos mais inusitados cenários. Aqui entra uma habilidade cada vez mais requisitada no mercado de trabalho e essencial para um empreendimento: a resiliência!

Resiliência é a nossa capacidade de tirar proveito de uma situação ruim, enxergar o lado positivo e reverter a situação.

Como ser resiliente

Para resiliência, é necessário pensar de forma diferente. Assim, fazer um brainstorm de ideias é uma ótima opção. O brainstorm é um processo em que você joga todas ideias sem filtro, ou seja, não se preocupe se uma solução parece louca demais. Nessa etapa, tudo que vem à mente deve ser considerado, pois enriquece o processo criativo. Somente após o exaustivo processo de mapear todas as ideias, você deve ser crítico e eleger as melhores, tendo uma boa argumentação de defesa para a escolha.

Saiba lidar com o fracasso

dicas-de-empreendedorismo-que-ninguém-te-conta-a-jornada-saiba-lidar-com-o-fracasso

Sua empresa não vai decolar nos primeiros meses e talvez só em anos comece a ter a atração que você deseja. Então, saiba que é normal errar, diria até que é necessário! Você só precisa errar rápido e mudar sua empresa levando em conta os aprendizados desse erro. Existem algumas expressões famosas sobre isso, como “feito pe melhor do que perfeito” e “mova-se rápido e quebre coisas”.

Pense em abrir o seu negócio o quanto antes

Eu não estou aqui para impor regras e dizer que você deve abrir sua empresa agora. Mas, fato é que, com a vida adulta, a tendência é ter cada vez mais responsabilidades, sendo mais difícil reservar um tempo para o empreendedorismo. Além disso, quanto antes você abrir a sua empresa, mais oportunidade de errar e repensar você terá.

Planeje (e muito) as finanças da sua empresa

dicas-de-empreendedorismo-que-ninguém-te-conta-a-jornada-faça-planilhas-financeiras

Há várias opções de financiamento no mercado, o que facilita muito a vida do empreendedor. Porém é muito importante ter planejado o retorno sobre o investimento e saber se em alguns meses seus gastos vão aumentar, calculando uma boa margem para imprevistos.

Faça projeções com diversos cenários e esteja preparado para tudo

Antes de abrir sua empresa, faça diversas análises financeiras. Saiba detalhadamente quanto será o investimento inicial do negócio (listando todos os gastos para abertura), qual a previsão de receitas (o esperado de clientes x a quantidade vendida) e quais os custos em volta da sua produção (preço da matéria-prima do item comercializado). Assim, é mais fácil validar se é realmente viável abrir a empresa e ter uma expectativa de lucros futuros.

Melhor ter 100 clientes que amam sua empresa do que 1000 que gostam

No início, é mais importante garantir que você tem o produto certo para escalar e quem as pessoas amam sua empresa do que pisar no acelerador desde o priemiro momento e ter muitos clientes que tem um sentimento de neutralidade em relação ao que você faz. É mais barato escalar algo ótimo do que algo bom.

 

Curtiu as nossas dicas? Não esqueça de comentar a dica que mais curtiu e qual acrescentaria.

 

 

Você também vai gostar

Startup aposta em tecnologia têxtil para solução de problemas

6 dicas de CEO’s para conciliar trabalho e vida profissional

Estresse no trabalho? Descubra como lidar

5 dicas para ser mais produtivo no trabalho