Tecidos sustentáveis e tecnologias que diminuem impacto ambiental

tecido-sustentável

A indústria da moda é uma das que mais polui no mundo, e o avanço da tecnologia têxtil está sendo fundamental para melhorar esse cenário. Novas tecnologias reduzem a quantidade de resíduos das fábricas e ajudam a produzir tecidos sustentáveis com menor impacto.

Para que os esforços sejam realmente efetivos, as empresas precisam trabalhar em diferentes frentes. Não adianta criar uma roupa com tecido ecológico e usar diversas sacolas de plástico como embalagem, por exemplo.

Quem busca trazer essa consciência sustentável para dentro da sua marca, precisa pensar nisso. Buscar fornecedores de tecidos sustentáveis é apenas um dos passos. Reunimos algumas novidades do mercado que podem ajudar nesse sentido.

Tecidos amigos do meio ambiente

Quando o assunto é sustentabilidade na moda, um dos primeiros pontos que vem à mente das pessoas são justamente os tecidos ecológicos. Apesar de ainda não serem maioria no mercado, já existem diversas marcas que trabalham com esse tipo de material.

tecidos-sustentaveis

Outra opção que tem aparecido são os tecidos reciclados, feitos por meio da união de fios já usados em outro tecido e que formam um novo. Antes, o processo para a criação desse tipo de tecido era mais difícil, mas, com o avanço das tecnologias têxteis, está sendo simplificado.

Um exemplo disso é o tear com jato de ar, desenvolvido pela Toyota, que permite a tecelagem de peças com padrões complexos. Tecnologias como essas atuam no reaproveitamento de materiais já existentes, diminuindo a criação de novos resíduos.

Já falamos sobre alguns tecidos sustentáveis para roupas aqui no blog, mas podemos citar outras alternativas que estão aparecendo. O algodão sustentável, o modal, tecido de fibra de bambu ou derivados da soja são algumas opções.

Nanotecnologia

A nanotecnologia atua na manipulação de materiais em um nível molecular e está sendo aplicada em fios e fibras. Assim, é possível produzir estruturas com propriedades específicas e entregar resultados como tecidos que ajudam no controle térmico, proteção de raios solares e funções antibacterianas.

Nesses casos, mesmo que a fibra seja sintética, ela será diferente de um poliéster que polui o ambiente. Um exemplo é a poliamida biodegradável, um tecido sintético de alta qualidade e amigo do meio ambiente. Com o auxílio da nanotecnologia, é possível produzir tecidos sustentáveis.

Insider utiliza viscose de bambu, modal e poliamida

Quando a Insider foi criada, trouxe para o seu DNA a preocupação com os impactos que iria gerar no planeta. Pensando nisso, a marca optou por tecidos inteligentes e que seguem um processo de produção justo, diminuindo a degradação do meio ambiente.

tecido-sustentavel-insider

As undershirts, ou camisetas internas, que ajudam na regulação da temperatura corporal e são antiodor e antissuor, são feitas de viscose de bambu ou modal. Os tecidos possuem certificação Oeko-Tex, garantindo que não são usados produtos danosos à saúde humana.

Lavagem inteligente

Além dos tecidos sustentáveis, outro ponto que deve ser considerado é a lavagem. O processo utiliza milhares de litros de água, além daqueles que já são necessários na confecção da peça, impactando diretamente no meio ambiente.

Nesse sentido, algumas empresas passaram a investir em novas tecnologias que aumentam a produtividade, eliminam os resíduos e emissões tóxicas, além de reduzirem o consumo de água. Alguns exemplos são a utilização do laser e do ozônio.

Tratamento da água

As empresas que ainda não conseguem aplicar novas tecnologias no momento da lavagem precisam estudar a melhor forma de fazer o reaproveitamento da água durante o processo.

Afinal, esse é um dos maiores impactos gerados pela indústria da moda. Por isso, ao escolher tecidos sustentáveis, por exemplo, é importante saber se o processo por trás deles tem o menor impacto possível. Outro ponto que vale atenção é a realização do tratamento da água antes de despejá-la no meio ambiente novamente.

Corantes naturais

Os corantes são prejudiciais, não apenas ao meio ambiente, quando entram em contato com a água, mas também aos profissionais que trabalham nas fábricas. Em toda lavagem é eliminada uma porcentagem de corante, tanto na indústria quanto nas lavagens domésticas.

Por isso, essa é uma área que está recebendo muita atenção. Novas alternativas com impacto menor estão sendo buscadas constantemente. Os corantes naturais e biodegradáveis são boas opções. Para saber se a peça segue esse padrão, basta olhar a etiqueta e ver se ela é ecofriendly.